AJUDAR QUARAÍ É PRECISO: Taxa de alumbrado público é cobrado a morador da Zona Rural.

O “ajudar Quaraí é preciso” e válido também para os moradores da Zona Rural que deveram pagar essa nova taxa, de acordo com o Coordenador Regional da AES Sul Cristiano Pires, quem justifica que a abrangência da lei aprovada lhe permite realizar esta cobrança.

Os 2,14 reais surpreenderam ao morador da RS 060 região do Quatepe, quem questiona o procedimento da AES Sul. A vereadora Fabiana Saldanha enviou requerimento ao Coordenador Regional da AES sul solicitando esclarecimentos com relação à abrangência e mapeamento de cobrança da instituição.

No mês de janeiro de 2015, durante o recesso da Câmara de Vereadores, através da convocação de uma sessão extraordinária, fora enviado a lei que institui a contribuição na taxa de iluminação pública, sem ser discutido dentro das comissões e ter sido sometido a um debate mais amplo com a comunidade. Na ocasião votaram a favor da implantação da nova lei os vereadores Renan Bender, Marcone, Carlos Gadret, Claudio Bueno e Zé da Farmácia.

A falta de um estudo mais detalhado da abrangência da nova lei está criando este desconforto na população rural, agora convocados a “ajudar Quaraí”, mesmo sem usufruir da iluminação pública.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *