Muita chuva no Uruguai e calorão no Rio Grande do Sul

A instabilidade se concentra mais hoje sobre o Uruguai, onde a chuva deve ser extrema com acumulados de até 100 mm a 200 mm em poucas horas em parte (não todo) do país. Como se vê na projeção do modelo WRF, a chuva hoje (19) tende a afetar mais departamentos do Centro para o Norte e o Leste do país e menos áreas do Sul. Por isso, locais como os departamentos de Montevidéu, Canelones e Colonia tendem a ser menos afetados com um dia relativamente tranquilo. A realidade é outra para departamentos mais centrais e do Norte como Durazno, Cerro Largo, Rocha, Treinta y Tres, Tacuarembó, Artigas e Salto que, por exemplo, podem ter chuva muito volumosa. Há o risco de tormentas isoladas fortes, mas o risco maior é chuva volumosa que deve agravar as inundações. A chuva somente de hoje já poderia trazer problemas pelos altos volumes, mas como ocorrerá em áreas já inundadas a situação se complica ainda mais. Em razão disso, o elevado nível de alerta das autoridades uruguaias é correto. A boa notícia é que a chuva diminui bastante no Uruguai amanhã (20).

Com a instabilidade concentrada no Uruguai, o sol aparece na maior parte do Rio Grande do Sul nesta terça-feira. Em diversas regiões gaúchas são esperadas nuvens, mas, no geral, o sol predomina. Chance de chuva só em áreas mais ao Sul e Oeste, sobretudo em cidades perto do Uruguai, podendo ser localmente forte e volumosa mais no Sul gaúcho (Chuí e Santa Vitória). Com a massa de ar excepcionalmente quente para abril sobre o Estado e a menor nebulosidade, esta terça será outro dia bastante abafado e de forte calor em Porto Alegre e no interior com máximas de 35ºC a 37ºC em algumas cidades.
As informações são do Meteorologista Luiz Fernando Nachtigall, da METSUL com reprodução de imagem do modelo do Chuva da Universidade Nordeste Argentino.

Foto: Tubaphoto.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *