Santana do Livramento está praticamente infestada pelo mosquito Aedes Aegypti.

Em 2018 durante todo o ano foram registrados 649 focos do mosquito Aedes aegypti no município. No ano passado Livramento registrou uma morte por chikungunya

Ele chegou para ficar. Segundo dados da Vigilância Epidemiológica e Sanitária, Santana do Livramento está praticamente infestada pelo mosquito Aedes aegypti. A presença do inseto já foi registrada em praticamente todos os bairros do município. A combinação, calor extremo, chuva, e descaço da população tem contribuído para a proliferação deste temido mosquito que é responsável pela transmissão de doenças graves como o Zika vírus, os 4 tipos de dengue, febre amarela e a chikungunya.

Segundo a chefe da vigilância do município, Carmen Motta, é preciso a colaboração de todas as pessoas para o combate a este inseto. Onde houver água parada, há um grande risco deste lugar se tornar um criadouro das larvas deste inseto.” A situação aqui é bastante grave. A nossa cidade está bastante infestada. No ano passado foram 649 focos confirmados após exames laboratoriais. Neste ano, nós encaminhamos várias amostras e até agora já foram confirmados 89 focos. São contabilizadas as larvas que são coletadas e encaminhadas para o laboratório. Então a gente está com a cidade bastante infestada, não é apenas aqueles poucos bairros de antes. Muitas pessoas estão ligando para a vigilância dizendo que notaram a presença do mosquito rajado em suas casas. E o que eu posso dizer para elas é que a cidade está infestada”, finalizou.

Fonte: Grupo A Plateia

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *