Troca-troca partidário agita políticos do Quaraí

Vereadores têm até 19 de março para mudar de partido

Uma dança das cadeiras nas Câmaras de Vereadores, de todo país. Este é o resultado da promulgação da emenda constitucional que criou a chamada “janela da infidelidade”, liberando o troca-troca partidário sem a perda de mandato por 30 dias. Deputados federais, estaduais e vereadores terão até o dia 19 de março para mudar de partido sem sofrer nenhuma punição.

O vereador suplente Zé da farmácia confirmou há dias a sua saída do PMDB e filiação no Solidariedade. Renan Bender trocou o PP pelo recém-fundado Rede Sustentabilidade, em disputa que teve seu capitulo na justiça. O atual presidente da Câmara Claudio Bueno deverá trocar o PT pelo PTB nos próximos dias.

Jeferson Pires, eleito nesta legislatura pelo PP, durante a atual legislatura mudou-se para o Solidariedade do prefeito Ricardo Gadret, agora voltaria a militar em um partido da oposição governista.

Jeferson no ninho tucano

Decidido a combater o PT e sua corrupção nacional, Jeferson Pires vai para o também questionado PSDB, e acumula passagens por sete partidos políticos em Quaraí. O solidariedade deverá rever a sua estratégia eleitoral para compensar a importante perda de votos que significa não contar mais com um dos vereadores tradicionalmente mais votado de Quaraí. Consultado o secretario estadual do partido, o quaraiense Marco Vieira, “teremos nominata completa em Quaraí, e temos a certeza que elegeremos três Vereadores na próxima eleição. Temos pré candidatos competitivos, e acima dos  nomes temos um projeto político para Quaraí, que está consolidado na Gestão do Vice Presidente Estadual e Prefeito Ricardo Gadret, que demonstrou todo seu prestígio quando através da avaliação do seu governo e tão somente isso, obteve mais de 7.000 votos para o Solidariedade na última eleição , disse Marco Vieira.

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *